Segurança do trabalhador: a importância da cortina para solda

A segurança é importante para todos os trabalhadores, mas alguns grupos são submetidos cotidianamente a riscos graves e que exigem muito cuidado. É o exemplo dos soldadores. Para que o trabalho do soldador aconteça em segurança, são exigidos diversos equipamentos, como a cortina para solda.

Isso acontece porque o processo de soldagem produz fumos metálicos e radiação ultravioleta. Há, ainda, a luminosidade que gera faíscas e que pode ferir o soldador. Por isso, além dos equipamentos obrigatórios, também é imprescindível que esses trabalhadores passem por treinamentos específicos.

O soldador é imprescindível para a construção civil e naval, sendo responsável pelo corte de peças metálicas e pela soldagem em aço carbono e inox, furos, chapas e equipamentos. Quer ficar por dentro do assunto e garantir a segurança dos seus soldadores com a cortina para solda e os demais equipamentos exigidos? Então, continue a leitura!

Quais são os equipamentos necessários para o soldador?

O soldador precisa de diversos EPIs (Equipamentos de Segurança Individual) e EPCs (Equipamentos de Segurança Coletiva) para realizar suas atividades em segurança. São eles:

Equipamentos de Segurança Individual

Cada uma destas peças é fundamental para a integridade do soldador:

  • avental de raspa;
  • máscara com lentes na tonalidade correta;
  • máscara para fumos de solda;
  • blusão de soldador;
  • mangotes de raspa;
  • luvas de vaqueta ou de raspa;
  • touca;
  • perneiras;
  • botas com solado isolante;
  • protetores auriculares.

Equipamentos de Segurança Coletiva

Estes equipamentos devem estar presentes no local da sondagem para a proteção de toda a equipe:

  • cortina para solda;
  • extintor de incêndio;
  • sistema de extração de gases.

O que é a cortina para solda?

Dentre todos os equipamentos necessários, a cortina para solda é definitivamente um dos mais importantes. Ela é uma tela tratada para absorver a radiação ultravioleta que pode ser criada em torno de um processo de soldagem.

Assim, além de proteger os soldadores, a cortina também preserva as pessoas que circulam na área. A cortina ainda resguarda os trabalhadores e transeuntes do flash de luz brilhante resultante da maioria dos tipos de soldagem.

De quais riscos a cortina para solda protege?

Entenda melhor a importância da proteção proporcionada pela cortina:

Queimaduras nos olhos

A luminosidade e as faíscas resultantes da soldagem podem causar queimaduras nos olhos. Mesmo que o soldador utilize também as máscaras de segurança, que protegem o rosto e os olhos, os transeuntes não têm esses equipamentos. A cortina para solda protege a todos.

Câncer

A exposição a longo prazo à radiação ultravioleta pode causar câncer. A cortina para solda é o único EPC designado justamente para proteger os soldadores e todos que passarem pelo local dessa exposição.

Incêndios e ferimentos

É fundamental que a cortina seja fabricada com um material anti chama. Dessa forma, ela protege de incêndios e de acidentes causados pelas faíscas e pelos detritos de metal produzidos pelo processo de soldagem (borra de solda).

Como fazer a instalação?

A cortina para solda pode ser instalada permanentemente, ou então, você pode dar preferência para um modelo portátil. Há até opções automáticas, que abrem ou fecham de acordo com a necessidade com o simples toque de um botão.

Enquanto isso, a tela para solda, um dos tipos disponíveis da cortina, também é produzida com um material resistente aos raios ultravioletas. Para instalar, basta esticá-la em uma armação de metal (biombo) ou de plástico. Algumas delas têm até rodinhas.

Viu só? A cortina para solda é fundamental porque, além de proteger a equipe de soldadores, preserva também a segurança de todos que circularem pelo local e que, muitas vezes, não têm os mesmos equipamentos dos profissionais.

Agora que você sabe a importância da cortina para solda, aproveite para descobrir também quais são os melhores tecidos para a soldagem!

error: Conteúdo protegido!