Indústria offshore: quais as principais certificações desse mercado?

A sociedade moderna apresenta grande dependência do petróleo para gerar energia, locomover pessoas, produzir materiais e várias outras coisas. Por isso, a indústria petrolífera é uma das mais importantes, principalmente a indústria offshore.

Ela consiste no processo de extração de petróleo com estruturas em alto-mar, muito utilizado em oceanos com reservas profundas e abundantes. Geralmente, a localização é bem afastada do continente.

Mas quais são as certificações necessárias para uma indústria offshore? Listamos, neste post, as principais para autenticar uma plataforma de petróleo. Confira!

CRCC Petrobrás

O cadastro de fornecimento da Petrobrás consiste em um primeiro passo, com critérios rigorosos para a aprovação de empresas fornecedoras confiáveis e distribuidoras do sistema, além disso, possui visibilidade Nacional.

Para obter essa certificação é necessário ser uma prestadora de serviço ou fornecedor de bens nacional ou uma empresa estrangeira que já tenha fornecido materiais que constam na lista de itens de interesse da Petrobrás.

Caso queira iniciar o cadastro, a empresa precisa se enquadrar em uma das categorias: fornecedor de bens (fabricante comerciante, fabricante não comerciante, revendedor ou distribuidor) ou prestador de serviços.

Registro DUNS

Foi criado e regulamentado pela Dun e Bradstreet (D&B), em 1963, para apoiar os relatórios de crédito da organização e, mais tarde, chegou a uma aceitação global. Seus usuários incluem a Comissão Europeia, ONU, governos e empresas multinacionais.

Internacionalmente conhecido como DUNST Number, esse é um registro padrão de identificação de empresas, mercados e entidades reguladoras. Esse número identifica mais de 160 milhões de empresas em todo o mundo e possibilita o vínculo de dados.

O DUNS possibilita uma visão mais completa do risco e oportunidade nas relações comerciais e é composto por nove dígitos, sendo um atribuído para cada unidade de negócios do banco de dados D&B.

Registro na ONIP

A Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP) possui um cadastro de fornecimento para uso exclusivo de companhias de exploração, produção de petróleo e grandes empresas do setor.

Esse registro concede informações sobre fornecedores brasileiros de bens e serviços do setor de petróleo e gás. Pode conter também fornecedores estrangeiros em busca de parceiros ou grandes fornecedores nacionais em busca de subfornecedores.

A empresa que deseja se cadastrar precisa ter seus bens ou serviços enquadrados como produtos estratégicos ou como produtos de apoio.

ISO 9001

Muito comum nas grandes organizações, essa certificação é reconhecida internacionalmente. Ela fornece requisitos para o Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) que viabilizam a melhoria contínua dos processos e a satisfação dos clientes.

Uma offshore certificada tem a competência necessária para utilizar o Ciclo PDCA, uma ferramenta de qualidade que, no português, significa planejar, fazer, checar e agir.

Além do Ciclo PDCA, o ISO 9001 consiste em 8 princípios de qualidade: foco no cliente, abordagem de processo, melhoria contínua, abordagem sistêmica para a gestão, envolvimento das pessoas, abordagem factual para tomada de decisões, liderança e benefícios mútuos nas relações com fornecedores.

Já conhecia alguma dessas certificações para indústria offshore? Sabia que a certificação ISO 9001 também regulamenta empresas de segurança? Fique conosco e descubra mais!

error: Conteúdo protegido!