gaxeta patente

As fitas são bastante utilizadas em diferentes ocasiões, mas especialmente nas instalações elétricas e hidráulicas. Sua função básica é isolar, otimizando a proteção e a segurança que se pretende trazer à estrutura.

Na verdade, existem diferentes tipos de fitas e cada um permite empregos mais peculiares. Embora os trabalhos mais especializados devam ser realizados por profissionais capacitados, vale a pena conhecer o básico sobre o uso de algumas fitas.

Neste post, mostraremos as diferenças entre fita de isolamento térmico, fita patente e fita tubular. Leia e aprenda um pouco mais sobre o assunto!

A fita de isolamento térmico

A fita de isolamento térmico tem como função isolar o calor em tubulações, dutos e demais equipamentos que trocam caloria com o meio externo. Esse tipo de fita consegue manter a temperatura estável, contribuindo para diminuir o consumo e os custos com energia elétrica.

A fita de isolamento também ajuda a proteger profissionais que trabalham ou transitam perto dos equipamentos aquecidos. Desse modo, é possível obter conforto térmico e reduzir bastante as possibilidades de acidentes.

Há diversos modelos de fitas que promovem isolamento térmico, compostas por fibras diferentes. Veja os principais, que são as fibras mais usadas principalmente em indústrias e outras empresas.

Fita de fibra amianto

A fita de amianto exibe excelente poder de isolamento térmico e excelente resistência mecânica. Sua aplicação é fácil e a fita pode ser revestida com silicone, evitando assim danos quando ela for submetida à umidade. Ostenta baixo custo em relação a outras fitas de isolamento térmico, facilidade de corte, costura e manuseio, boa resistência ao fogo e ao calor, sendo ideal para isolamentos até 350° C.

Fita de fibra aramida

A fibra aramida é uma matéria-prima de elevada resistência mecânica, superando o amianto. Além disso, a aramida não tem cheiro, não provoca coceira ou alergias e tem boa resistência à abrasão e à temperatura. Trata-se de uma fibra antichamas, muito leve e muito fácil de ser manuseada.

Fita de fibra cerâmica

Esta fita para isolamento térmico é confeccionada a partir da fusão entre alumina, sílica e ligantes inorgânicos. Produtos feitos com fibra cerâmica são capazes de suportar temperaturas acima de 1.200° C. Uma de suas principais qualidades é a elevada resistência química. Se entrar em contato com a água, as propriedades termoquímicas da fibra cerâmica são restabelecidas depois de seca.

Em relação à fibra de aramida, a fibra cerâmica oferece uma desvantagem: pode provocar coceira nos olhos e na pele e deve ser manipulada com os equipamentos de proteção individual (EPIs) adequados.

Como características mais importantes a fita de fibra cerâmica apresenta:

  • resistência mecânica elevada;
  • baixo peso específico;
  • estabilidade térmica;
  • estabilidade química.

Fita de fibra de vidro

Essa fita tem como matéria-prima a sílica. Trata-se de um produto que oferece ótimo custo-benefício. Suas principais propriedades são a alta resistência mecânica e a alta resistência química.

Se ficar exposta a temperaturas muito altas, a fita de fibra de vidro acaba perdendo suas propriedades mecânicas e pode vitrificar. Nesse caso, ela perde sua funcionalidade e deverá ser descartada. É mais recomendada em situações de baixa temperatura, como em dutos de ar condicionado.

Da mesma maneira que ocorre com a fibra cerâmica, a fibra de vidro pode provocar irritações nos olhos ou na pele e, para ser corretamente manipulada, é preciso que o profissional faça uso dos equipamentos de proteção individual apropriados.

Como aplicar a fita para isolamento térmico

As fitas de isolamento térmico são fornecidas em rolos com larguras que variam entre 1″(25 mm) à 4″(100 mm). Basta ir desenrolando e passando as camadas sobre as tubulações ou os tubos. Em seguida, deve-se prender externamente com uma braçadeira de metal ou algum tipo de arame.

A fita patente

A fita patente também é conhecida como gaxeta patente. É um produto vedante confeccionado a partir do tecido isolante antichama.

Esse tipo de fita pode ser confeccionada em diferentes larguras, comprimentos e espessuras. Elas podem ser fabricadas a partir de diversos tecidos, sendo os mais eficientes a aramida, a fibra cerâmica e a fibra de vidro. Podem ser impregnadas com compostos a base de silicone RTV ou grafite.

Conforme o material, cada tipo de fita patente é capaz de suportar uma pressão específica, uma determinada temperatura e um determinado ataque químico.

Se a fita tiver que ser submetida a trabalhos debaixo de chuva e outras intempéries, o ideal é impermeabilizar externamente a fita com Silicone vermelho RTV. Esse modelo de fita é muito utilizada para a vedação térmica de tampa de caldeira, porta de visita de caldeira, porta de forno e outras aplicações no setor industrial.

Em geral, essa fita aguenta temperaturas de até 300º C, podendo alcançar picos superiores à 450º C. Também são capazes de suportar esmagamento moderado. São muito indicadas para superfícies rugosas e ásperas. Mostra-se nociva a gases térmicos e ao choque térmico.

A fita tubular

A fita tubular, também chamada de gaxeta tubular, é confeccionada de fios de fibra de vidro ou de fibra cerâmica. Funciona como se fosse uma camisa, sem miolo. Ela tem qualidades termoelétricas muito interessantes. Sua estabilidade térmica pode ser mantida até 400º C. Trata-se de um produto extremamente afilado, muito leve e simples de aplicar.

A fita tubular traz resistência química a diferentes produtos, entre eles: óleos, graxas, resinas e alguns ácidos.

É muito utilizada na área industrial para isolar termicamente e eletricamente dutos, tubulações, mangueiras e cabos elétricos. É nociva a vapores corrosivos e a ozônio.

A fita de isolamento térmico, a fita patente e a fita tubular têm suas próprias peculiaridades e se prestam a diferentes serviços. Porém, com a leitura deste post, você não terá mais dúvidas sobre como se valer de cada material em suas obras ou instalações.

Gostou do texto? Então, aproveite e entre em contato com a Asalit para conferir os produtos que a empresa oferece.

02/10/2018

Fitas de isolamento térmico, patente ou tubular: qual devo usar?

As fitas são bastante utilizadas em diferentes ocasiões, mas especialmente nas instalações elétricas e hidráulicas. Sua função básica é isolar, otimizando a proteção e a segurança que se pretende trazer à estrutura. Na verdade, existem diferentes tipos de fitas e cada um permite empregos mais peculiares. Embora os trabalhos mais especializados devam ser realizados por profissionais capacitados, vale a pena conhecer o básico sobre o uso de algumas fitas. Neste post, mostraremos as diferenças entre fita de isolamento térmico, fita […]
error: Conteúdo protegido!