Metodologia PDCA: como resolver problemas com esse método?

Em um cenário mercadológico extremamente competitivo e marcado pela alta demanda por eficiência, apresentar qualidade aos clientes é um requisito fundamental e indispensável para uma empresa. Cada vez mais, as empresas vêm se esforçando na sofisticação de suas gestões, buscando a redução de custos, a ampliação dos seus lucros e paralelamente alcançar a satisfação dos seus clientes.

Nessas circunstâncias, é preciso utilizar técnicas para alcançar tais objetivos. Este artigo vem apresentar a metodologia PDCA, também conhecida como ciclo PDCA, que é muito utilizada por corporações que visam melhorias contínuas e eficiência na produtividade. Leia e entenda mais sobre esse método!

Metodologia PDCA

A metodologia PDCA nada mais é do que um método gerencial que objetiva a melhoria contínua de processos e soluções de problemas, por meio de um circuito baseado em quatro passos.

A implantação da metodologia PDCA possibilita a organização da empresa em aspectos como eliminação de desperdícios, segurança no trabalho, aumento da produtividade, entre outros resultados essenciais à busca da qualidade corporativa.

O PDCA é um método científico fundamentado na admirável obra do filósofo francês René Descartes intitulada “Discurso Do Método”, escrito em 1637. Contudo, a sua popularização se deu em meados da década de 1950, especialmente no Japão, por meio de um estatístico americano chamado Edward Deming.

Como dito, o método está fundamentado em quatro etapas sequenciais, mas que são realizadas ciclicamente. Vamos entender melhor como são realizadas cada uma dessas etapas.

Etapas da Metodologia PDCA

A metodologia PDCA segue a sequência das quatro letras que formam o nome do método. Sua compreensão fica mais bem elucidada ao decifrar as etapas que compõem este ciclo, formadas por palavras de origem inglesa, sendo elas: Planejamento (P – Plan), Execução (D – Do), Verificação (C – Check) e Atuação Corretiva (A – Action).

Planejamento (P – Plan)

O ciclo PDCA começa pelo planejamento (elaborar um plano). Nessa etapa, são estabelecidos os objetivos, as metas e as formas de alcançá-los. Porém, antes é necessário identificar o problema, analisar e entender como ele surge e quais são as suas principais características. Feita a identificação e análise, é necessário observar as possíveis soluções. Nessa etapa é preciso bastante critério, pois suas falhas promovem dificuldades no alcance dos resultados almejados.

Execução (D – Do)

Aqui o planejamento da etapa anterior é colocado em prática, ou seja, ele é “executado”. Nessa etapa, é necessário, ainda, coletar os dados essenciais à análise da etapa seguinte. É também importante preparar os funcionários para as atividades a serem executadas.

Verificação (C – Check)

Nessa etapa, os dados coletados na fase anterior (execução) são utilizados para a comparação de resultados. É importante que se realize a verificação do planejamento implantado, pois, se os resultados não ocorrerem de maneira satisfatória, a orientação é reiniciar o processo, voltando à fase de planejamento.

Atuação Corretiva (A – Action)

É a etapa de realização das ações conforme os resultados obtidos, de maneira que se a meta foi alcançada o procedimento será o de manutenção, mas se a meta não foi satisfatória, a ação será corretiva, ou seja, será preciso agir sobre as circunstâncias que impediram o seu êxito.

Na metodologia PDCA, qualquer atividade de execução deve ser conduzida seguindo essas quatro fases. O objetivo maior desse método gerencial é auxiliar na compreensão dos problemas manifestados na empresa e de como eles devem ser solucionados.

É importante ressaltar que o método pode ser empregado em qualquer tipo de organização e em contextos variados. Assim, a metodologia PDCA é uma ferramenta essencial para todo gestor que visa a melhoria contínua da qualidade dos serviços e das soluções de problemas em sua empresa.

Quer receber mais conteúdos como este diretamente em seu e-mail? Assine agora mesmo a nossa newsletter e fique por dentro dos melhores métodos em gestão de empresas!

error: Conteúdo protegido!